Em caso de inadimplência, quem deve ser acionado, proprietário ou inquilino?

16 feb 16

É importante frisar que a relação legal é sempre do condomínio com o condômino. Por isso, é o condômino (proprietário) quem deve ser acionado judicialmente quando a taxa não for paga – mesmo se for responsabilidade do inquilino arcar com esse custo.

 

.

 

O caráter da dívida da taxa de condomínio está sempre atrelado ao bem – e nesse caso, se o inquilino não pagar, e o condômino também não, a própria unidade poderá responder pela dívida. O mesmo vale para o pagamento do IPTU.

 

.

 

Por isso, o que se aconselha é que o condômino efetue esses pagamentos ele mesmo, não delegando a tarefa para o inquilino.

 

.

 

Fonte: http://www.sindiconet.com.br/

Tags:
Melhorar as cidades em que vivemos é como trocar o pneu com o carro andando. Uma vez que é impossível começar do zero, é preciso dispor dos instrumentos certos que permitam melhorar um pedaço de cada vez, contribuindo para a melhoria geral no final do processo. Nesta semana, o prefeito Fernando Haddad inclui mais um deles na caixa de ferramentas da capital paulista, o Projeto de Intervenção Urbana
Mesmo com a crise, o setor imobiliário continua crescendo durante os últimos anos. A necessidade por profissionais qualificados na área, à exemplo de engenheiros, designers, arquitetos, e até mesmo advogados especializados, portanto, é constante. Formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e com experiência como consultor em empresas referência no país em projetos de desenvolvimento imobiliá
Sublocação é um assunto que desperta dúvidas entre proprietários e locatários. Sob consentimento expresso, a atividade não é considerada ilegal, mas deve seguir algumas regras estabelecidas pela Lei do Inquilinato (Lei nº 8.245, de 1991). Para que um locatário possa sublocar um quarto dentro de um imóvel residencial ou mesmo a área de um espaço comercial é preciso possuir uma cláusula contratual o