Uso de dados

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Concordo
Financiamentos imobiliários somam R$ 13,9 bilhões em outubro, renovando o recorde histórico

Financiamentos imobiliários somam R$ 13,9 bilhões em outubro, renovando o recorde histórico

27 nov 20

Financiamentos Imobiliários - Valores

Os financiamentos imobiliários com recursos das cadernetas do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) atingiram R$ 13,86 bilhões em outubro de 2020,  com crescimento de 7,4% em relação a setembro e alta de 84% comparativamente ao mesmo mês do ano passado. Em valores nominais, o volume financiado em outubro marca o segundo recorde mensal consecutivo da série histórica iniciada em julho de 1994.

Entre os primeiros dez meses de 2019 e de 2020, os empréstimos destinados à aquisição e construção de imóveis avançaram 48,8%, atingindo R$ 92,67 bilhões, superando o resultado de todo o ano passado.

No acumulado de 12 meses (novembro de 2019 a outubro de 2020), os financiamentos destinados à aquisição e à construção de imóveis somaram R$ 109,11 bilhões, alta de 49,1% em relação aos 12 meses anteriores.

Financiamentos Imobiliários - Unidades

Foram financiados em outubro de 2020, nas modalidades de aquisição e construção, 45,5 mil imóveis, resultado 8,3% superior ao de setembro e 53,6% maior do que o apurado em outubro de 2019.

Entre janeiro e outubro de 2020, foram financiadas 324,6 mil unidades, resultado 36,8% maior que o de igual período de 2019. Nos últimos 12 meses (novembro de 2019 a outubro de 2020), os financiamentos viabilizaram a aquisição e a construção de 385,2 mil imóveis, alta de 37,3% em relação aos 12 meses anteriores, quando 280,6 mil unidades foram beneficiadas pelo crédito imobiliário com recursos da poupança.

Poupança SBPE: Captação Líquida

A captação líquida da poupança SBPE foi positiva em R$ 4,06 bilhões, melhor resultado para um mês de outubro da série histórica iniciada em julho de 1994 (Plano Real).

Entre janeiro e outubro, a captação líquida somou R$ 109,8 bilhões, também a melhor marca da série. O recorde anterior havia sido registrado em 2013, quando o balanço entre depósitos e retiradas no período de janeiro a outubro foi positivo em R$ 40,6 bilhões.

A captação líquida das cadernetas continua refletindo os efeitos da redução do consumo e da maior preocupação das famílias com sua situação financeira dada a pandemia e seus efeitos sobre a economia. Acrescente-se a esse cenário o provável impacto do pagamento do auxílio emergencial nos depósitos de poupança, sem esquecer a queda da rentabilidade das demais aplicações e perdas no mercado acionário, o que, em alguma medida, tende a levar muitas famílias a aumentar suas reservas financeiras.

A captação líquida expressiva e o crédito de rendimentos elevaram o saldo das cadernetas de poupança para R$ 783,4 bilhões no final de outubro, com variação positiva de 0,7% no mês e de 23% em relação a igual período de 2019.

 

Fonte: Boletim Data ABECIP outubro,2020

 

Tags:
De forma periódica, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) divulga teses firmadas pela corte, no formato de informativos, selecionadas com base no grau de inovação do tema e na potencialidade de repercussão do assunto no meio jurídico.
Image
A assinatura eletrônica nada mais é do que o método tecnológico que permite evidenciar a autoria e integridade do conteúdo de um documento eletrônico, o que abrange a proteção dos seus metadados. São espécies de assinatura eletrônica a assinatura digital, a assinatura biométrica, assinatura por geolocalização, etc.

Publicação Sugerida

Inaugurada Via Expressa em Salvador
Maior intervenção viária nos últimos 30 anos, a Via Expressa Baía de Todos-os-Santos foi inaugurada oficialmente (foto), na última sexta-feira, pelo governador Jaques Wagner e a presidente Dilma Rousseff. No total, foram investidos na obra, considerada uma das principais intervenções do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), R$ 480 milhões, resultado de parceria dos governos federal e estadu