Uso de dados

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Concordo

Governador e ministro das Cidades acertam detalhes do contrato do metrô

02 oct 13

Parceria Público-Privada do Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas esteve na pauta da reunião realizada em Brasília

 

O governador Jaques Wagner, acompanhado do secretário da Casa Civil, Rui Costa, se reuniu com o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, ontem, em Brasília, para acertar os últimos detalhes do contrato da Parceria Público-Privada (PPP) responsável pelo Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas.

 

No encontro (foto), o ministro garantiu que a sua pasta está finalizando os trabalhos para o repasse de recursos provenientes do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) – Mobilidade Grandes Cidades. O aporte de recursos federais é de aproximadamente R$ 1,6 bilhão. Segundo ele, no dia da visita da presidente Dilma Rousseff a Salvador, prevista para a próxima semana, a oficialização do repasse estará pronta.

 

 Deságio - As obras do metrô de Salvador serão executadas pela vencedora da licitação - a Companhia de Participações em Concessões (CPC) - no leilão realizado, no dia 21 de agosto deste ano, na BM&F Bovespa, em São Paulo.

 

A proposta apresentada pela companhia prevê o valor de R$127,6 milhões por ano como contrapartida do Estado para o sistema metroviário, o que representa deságio de 5,05% em relação ao teto estabelecido no edital de licitação do empreendimento (R$ 136 milhões).

 

(Fonte: Diário Oficial do Estado)

Tags:
A comissão mista que examina a Medida Provisória 691/2015 realiza duas audiências públicas nesta semana. A MP flexibiliza a alienação de imóveis localizados em terrenos de marinha e estabelece a destinação dos recursos obtidos nessas operações.
A Turma Especial Privado 01 do Tribunal de Justiça de São Paulo julgou Incidente de Resolução de Demandas Repetitivas que abordava temas relacionados a atrasos de obra em incorporações imobiliárias (nº do processo 0023203-35.2016.8.26.0000).
De forma periódica, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) divulga teses firmadas pela corte, no formato de informativos, selecionadas com base no grau de inovação do tema e na potencialidade de repercussão do assunto no meio jurídico.